domingo, 31 de dezembro de 2017

Feliz Ano Novo!








Um ótimo domingo para cada um de vocês!!!



quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Checklist para viagem


Viajar é tudo de bom!!!  Mas é muito importante ter uma organização prévia, pois planejar algo com antecedência é muito mais produtivo do que ficar lembrando de algo a fazer quando está fazendo outra coisa.

Para facilitar a organização da viagem, que tal fazer um checklist? Essas listas ajudam a organizar os detalhes. Nesse caso o checklist list de viagem (ou de mala) é super prático.

O checklist de viagem pode ser pronto (pode procurar na internet um modelo pronto) ou fazer uma planilha no computador ou mesmo fazê-lo manuscrito numa folha ou bloquinho ou até mesmo no bloco de notas do seu celular.

A ideia é que você tire um tempo para pensar na sua viagem:
ü  Quantos dias ficará fora;
ü  Quais e quantos passeios;
ü  Tipos de restaurantes;
ü  O clima do lugar;

Assim você consegue perceber o que vai precisar levar e assim fazer a sua listinha. Eu gosto de pegar os check lists prontos, pois a gente sempre esquece de pensar alguma coisa, aí é só conferir e se quiser pode acrescentar ou retirar.

Na hora de arrumar a mala é só pegar as coisas listadas e arrumar na mala. E evitar colocar coisas que não vai utilizar, ainda mais com as novas regras da ANAC, temos que ficar de olho no peso da mala e só levar realmente o necessário.

Veja algumas regras sobre as bagagens:


Fonte: acontecendoaqui.com.br

Fonte: eaiferias.com

Essa lista pode ser feita a qualquer momento, desde muito antes da viagem até dias antes. Ao fazer a lista com antecedência você consegue até ver que precisa comprar uma roupa, um sapato, um protetor solar….  E evitar a correria em cima do dia da viagem.

Veja alguns modelos que achei na internet:




minhacasaminhacara.com.br







Você que prefere tudo no celular, existem vários apps para baixar gratuitamente e agilizar a sua vida.
Eles também podem ser utilizados na volta para evitar que esqueça de algumas coisinhas que acabam caindo pelos cantos. Os checklists otimizam seu tempo e facilitará sua vida.




quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Eu fui: A fabulosa aventura de Natal Caixa - Dicas de férias em Brasília


Olá gente!!!


A Caixa Econômica Federal,aqui em Brasília, inaugurou desde o início de dezembro, as atrações de fim de ano: A Fabulosa Aventura de Natal CAIXA. Trazendo o encanto das festas de fim de ano. A programação deste ano conta com um parque temático que levará toda a família para um passeio pelas tradições natalinas. Eu fui lá e conferi: é muito legal e com certeza a criançada vai adorar!
Se você é de Brasília aproveite o recesso de fim do ano ou mesmo as férias para para levar a família para ver e participar das atrações.











A entrada ao local é franca e vai até o dia 6 de janeiro de 2018 (o espaço estará fechado no dia 1º de janeiro).
O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 16h30m às 22h*; sábados e domingos, das 10h30m às 22h*; no dia 31 de dezembro, das 10h30m às 16h. Sendo que o acesso ao Parque se encerra todos os dias às 21h.

O evento funciona ao lado do Edifício Matriz da Caixa Econômica em Brasília.

Dentre as atrações o parque conta com:
– Cine Natal: cinema 6D com simulador de passeio no trenó do Papai Noel.
– Beco das chaminés: playground vertical, com tobogãs, obstáculos e monitores.
– Bosque das estrelas cadentes: circuito de arvorismo, rapel e tirolesa.
– Piscina de flocos de neve: piscina de bolinhas que imita um globo de neve, montada em cima de um espelho d’água.
– Oficina de biscoitos da Mamãe Noel: biscoitos de gengibre prontos que as crianças confeitam com chocolate.
– Circuito dos duendes: oficina de malabarismo, fitas, bicicletas com e sem pedal, patinete, trenó de rodas, triciclos.


Aos finais de semana, haverá apresentações da banda Broadway Show e o festival de food trucks, estacionados em frente ao espaço.

Local: Estacionamento da CAIXA Cultural Brasília (SBS, quadra 4, lotes 3/4 – Asa Sul, anexo AO Edifício Matriz da CAIXA, ao lado do Banco Central).

Mais informações:
Acessar o site: http://www20.caixa.gov.br 


terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Mousse de limão

INGREDIENTES

2 latas de creme de leite
2 latas de leite condensado
1 lata de suco de limão ( uma média de 5 ou 6 limões)
3 claras em neve
1 gelatina incolor e sem sabor (fazer conforme as orientações da embalagem)

MODO DE PREPARO

Em um liquidificador, junte o leite condensado e o creme de leite. Bata. Depois acrescente a gelatina incolor já hidratada e dissolvida, acrescente também o suco do limão. Se tiver um espremedor será ótimo. Adicione o suco à mistura e continue batendo até ficar homogêneo.

Na batedeira bata as claras em neve. Despeje o creme feito no liquificador e incorpore levemente as claras em neve. Isso deixará a sua mousse bem aerada.
Despeje em uma forma, taças ou mini copinhos (aqueles de festa) e decore com raspas de limão.

Gosto de decorar a mousse com raspas de limão. Para isso, rale as cascas dos limões antes de espremê-los para fazer o suco. Não precisa ralar muito, afinal você não vai cobrir o doce inteiro com raspas de limão.

Leve ao freezer! Espere endurecer (demora de 2 a 3h).


Fica uma delícia!!!


quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Brincadeira para as férias: Corrida de obstáculos feita em casa

Olá!!!

A dica de hoje para brincar com a galerinha é montar um pista de obstáculos no seu quintal ou no espaço que você tiver disponível.

As pistas de corrida de obstáculos podem ajudar as crianças a desenvolver e crescer de diferentes formas. Elas aperfeiçoam as habilidades motoras e consciência espacial, ensinam resolução de problemas e experimentação. Elas também podem aumentar o nível de exercícios que as suas crianças estão praticando, especialmente se você tornar a participação em uma corrida. Você pode construir sua própria pista de obstáculos com pouco dinheiro, com objetos que tem em casa.

Tábuas

Deite um pedaço de madeira no chão para um balancim. Ele exige o mesmo equilíbrio para andar que um balanço de ginasta, mas por ser mais baixo no chão, é mais seguro para as crianças.

Você pode também mandar cortar as tábuas em diferentes comprimentos e deite-as para fazer um labirinto, deitando-as perto uma da outra.
Se usar uma madeira mais grossa, como caibro, as crianças podem treinar o equilíbrio para passar por cima.

Pneus velhos

Use pneus velhos como um caminho para as crianças seguir, pisando somente dentro dos pneus na linha direita com os seus pés direitos, e somente nos da linha esquerda com os pés esquerdos.  Outra ideia é coloca-los em forma de ziguezague e peça às crianças para correr por eles para o clássico exercício de ziguezaguear. Dependendo da idade você pode colocar as crianças para pintarem os pneus velhos com tinta acrílica.

Outra opção do uso do pneu velho no circuito é pendurá-lo em uma árvore grande para que as crianças joguem bolas no meio do pneu.

Bambolês

O bambolê possui várias formas de utilizá-lo no circuito, pois oferece uma variedade de obstáculos. Enterre um na areia para fazer um obstáculo em que as crianças devem passar dentro ou pular.  Outra opção é usá-los no lugar dos pneus.
Até mesmo para a criança bambolear antes de passar para um novo desafio, pular num pé só; passar pelo meio, etc.

Cadeiras

Pegue cadeiras velhas ou de plástico para fazer parte do circuito para a criança passa por baixo, desviar ou fazer ziguezague.

Caixas

Use caixas para fazer um labirinto. Você pode amarrá-las juntas para um labirinto permanente ou deixá-las livres para um labirinto que você possa reconstruir. Corte furos no fundo de grandes caixas de aparelhos, máquinas, eletrodomésticos ou utensílios para fazer obstáculos para que as crianças rastejem por eles.
Caixas com areia dentro podem ser usadas no lugar de cones para fazer ziguezague ou para a criança pular para desviar.

Jornal

A criança deve estar com duas folhas de jornal nas mãos. Ao sinal de início, devem colocar no chão, à sua frente, uma das folhas de jornal, e pisar sobre ela;
Depois colocar a outra, dar um passo à frente pisando sobre ela, e apanhar a que ficou atrás, para tornar a colocá-la no chão, à sua frente e pisar sobre ela e apanhar a que ficou atrás, farão a troca de jornal até atingir à linha de chegada.

Corda

Corda esticada no chão para caminhar sobre ela ou pular de um lado para outro. 

Coloque balões na árvore, a uma altura que faça com que eles estiquem os braços e fiquem na ponta dos pés para tocá-los ou estourá-los.
Corte o centro de pratinhos de papel criando anéis para lançar sobre garrafas, a uma certa distância.

Você poderá usar outros elementos que tenha em casa: escada (usada deitada no chão, para que eles passem pelos degraus), piscina inflável (para jogar ou pegar algo de dentro), almofadas (para fazer um caminho que eles precisam saltar. Lembre-se que na grama a almofada não escorrega), fitas de papel (para fazer uma teia de aranha em árvores ou cadeiras para a criança atravessar) ou um tapete enrolado (para caminhar se equilibrando). 

Outras ideias que achei na internet:








Deixe seu comentário ou envie sua foto com as crianças brincando para postarmos aqui no blog.

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Brincadeiras para as férias: Caixa sensorial

Olá!

Dezembro é época de férias da criançada. O que fazer para ocupar o tempo da galerinha? Estarei postando algumas dicas de atividades para fazer com as crianças durante o mês de dezembro e janeiro.
A dica de hoje é brincar com a caixa sensorial.
Veja alguns modelos de caixas sensoriais que achei pela web e que você pode fazer em casa com as coisas que já tem por aí.






A caixa sensorial é um recurso ou brinquedo que estimula o desenvolvimento de crianças através da exploração dos sentidos e tem como objetivos a preparação remota para a escrita e matemática, o desenvolvimento da coordenação motora, da atenção, do equilíbrio, da memória e da criatividade.

Usa sugestão para brincar com a criançada é fazer uma caixa sensorial. Você vai precisar de uma bacia ou caixa com arroz (pode substituir por bolinha de gel, feijão, macarrão, areia, farinha, bolinhas de isopor, espuma picada ou papel picado) e alguns objetos para a criança buscar. Forre o chão com uma toalha, tapete ou jornal, fica mais fácil recolher a bagunça depois.

A dica é que a criança crie o seu próprio jogo de encontrar os iguais usando objetos da casa: colheres, blocos de montar, duas bolinhas, animais de plástico, bolinhas de algodão, argolas … qualquer par serve! Outra sugestão é esconder objetos diversos para que a criança encontre um objeto com uma letra específica.
Se for fazer a caixa sensorial com arroz ou macarrão uma ideia interessante é pintar o arroz ou macarrão com anilina e álcool (o álcool facilita a secagem), fica superatrativo!


Se a criança for muito pequena e ainda tiver tendência em colocar tudo na boca opta pela água ou farinhas, pois as sementes podem ser perigosas nestas idades, e atenção ás miniaturas usadas. Caso se você for usar os grãos com elas, deve ter a supervisão de um adulto para elas não colocarem na boca. O ideal que seja utilizada com crianças maiores de 2 anos.


Deixe seu comentário ou envie suas fotos para postarmos aqui no blog.